Telefone
54 3232 1913

E-mail
contato@transmaso.com.br

HOME > NOVIDADES

NOVIDADES

NOVIDADES

Os caminhoneiros são peça fundamental na economia do Brasil

26 de junho de 2018

No dia 30 de junho é comemorado o Dia do Caminhoneiro, uma homenagem simbólica a esse profissional que passa vários dias nas longas estradas brasileiras e internacionais, além de transportar as mais variadas mercadorias, ele tem um papel fundamental na movimentação da economia nacional.

O Brasil possui milhões de caminhoneiros que costumam percorrer 1,7 milhões de quilômetros de estradas. Além disso, estatísticas apontam que 60% da carga é movimentada por estes profissionais nas rodovias brasileiras.

Além das mercadorias, os caminhoneiros transportam combustíveis e itens essenciais para o abastecimento das comunidades. Dessa forma, a ausência desses profissionais causaria um grande caos e poderia parar com a economia do país, gerando crises e vários impactos nas famílias e comércios que não receberiam os itens necessários para o cotidiano.

São profissionais totalmente dedicados e comprometidos com a profissão. Eles passam vários dias longe de sua família e suas casas, e ainda se submetem ao risco diariamente para garantir o seu pão de cada dia e movimentar a economia.

Eles podem transportar desde insumos até cargas mais pesadas, que exigem uma experiência necessária para o manejo seguro das cargas, tal experiência, é adquirida ao longo dos anos com muita dedicação e força de vontade.


A importância do caminhoneiro

Os números não falham. Mais de 60% de mercadorias que circulam no país, são derivadas do transporte de cargas no sistema rodoviário, assim, percebe-se o quanto o caminhoneiro e esse setor são importantes para a economia.

Eles são os responsáveis por levar aquela mercadoria do supermercado da sua cidade, na padaria da esquina ou da farmácia do centro, entre outros pontos comerciais que necessitam de itens para o seu abastecimento, seja em território nacional ou em regiões fronteiras.

Sem essa profissão, a economia do país paralisaria e nós cidadãos viveríamos no caos, pelo fato de que a falta das demandas necessárias para o dia a dia causaria grande impacto na sociedade brasileira.

Segundo o relatório do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito), o Brasil conta com uma frota de mais de dois milhões de caminhões no seu território. E a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestre), consta que existem mais de 600 mil registros de transporte autônomos no país.

Desse modo, o sistema rodoviário é o meio de transporte de mercadoria mais usado no país e o mais importante também.


Circulação das frotas

O nosso país possui cerca de 1,7 milhões de estradas. A porcentagem desse total das rodovias corresponde:
- Estaduais: 14,8%
- Municipais: 78,11%
- Federais: 7%

Dessa forma, os caminhoneiros que possuem experiência adequada para o transporte de cargas existentes na frota poderão percorrer nos lugares mais remotos e difíceis do país e carregar insumos.

Entretanto, as condições das estradas brasileiras são ainda precárias, os números apontam que apenas 12,9% das estradas são pavimentadas e 79,5% são sem pavimento. Além disso, apenas 9.522 quilômetros de rodovia são duplicados comparado aos 192.569 quilômetros de rodovias existentes no país, dificultando o fluxo do tráfego.

Sendo assim, os profissionais desse ramo passam por desafios diários com as estradas brasileiras, e ainda conseguem manter a economia do país fluindo constantemente.


Influência no mercado das montadoras

O transporte de cargas é o principal responsável por alavancar o mercado das montadoras. O governo reconhece a importância dessa modalidade de transporte, por isso, até mesmo nos momentos de crise a indústria de caminhões mantém suas vendas.

Esse é mais um dos vários motivos da importância dos caminhoneiros e do setor rodoviário, já que o transporte de cargas é o responsável pela movimentação da economia do país.

Gostou? Compartilhe!